terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

MISTICA CIDADE DE DEUS

CONFISSÕES DO DEMÓNIO SOBRE NOSSA SENHORA- Mística Cidade de Deus

Redobraram seus uivos contra 
Ela e, coagidos, confessavam muitas verdades, dizendo: 

Oh! desventurados de nós, ante a felicidade da natureza humana! 
A que grau de excelência e dignidade se 
elevou nesta pura criatura! 

Que ingratos e estultos serão os homens, se não aproveitam os bens que recebem por esta filha de Adão! 

Ela é seu remédio e nossa ruína. 
Seu Filho lhe concede grandes coisas, mas Ela não as desmerece. Cruel açoite é para nós, sermos obrigados a confessar estas verdades.

Oh! se Deus nos ocultasse esta Mulher cuja vista aumenta os tormentos de nossa inveja!
Como havemos de vence-la, se só a sua vista nos é insuportável? 

Consolemo-nos, porém, os homens perderão muito do que esta Mulher lhes conquista e a desprezarão estultamente. Neles vingaremos os agravos que sofremos, neles satisfaremos nosso ódio, enchê-los-emos de mentiras e erros porque, se considerarem este exemplo, todos se valerão desta Mulher e seguirão suas virtudes.

Isto, porém, não basta para meu consolo - acrescentou Lúcifer - porque, 
para Deus, O AMOR DE SUA MÃE PESA MAIS QUE OS PECADOS DAQUELES QUE PERVERTEMOS. E ainda que assim não fosse, não posso tolerar que a natureza humana seja sublimada numa pura criatura e fraca mulher. Esta ofensa é insuportável. Voltemos a persegui-la. 

Façamos o furor de nossa inveja mais forte que nossa pena, e ainda que a 
padeçamos não desanime nossa soberba, que conseguiremos obter alguma vitória desta inimiga. 

4 Tomo- Mística Cidade de Deus

Nenhum comentário:

Postar um comentário