sexta-feira, 12 de março de 2021

AS PAIXÕES- CONSELHOS DE SANTO AFONSO

Paixões exageradas

Não se pode deixar a natureza humana livre, fazendo o que quer. Atente-se para esta comparação: não é verdade que, num terreno, é muito fácil crescer mato? Você tem de lidar muito para acabar com essas ervas daninhas, para que possa fazer um canteiro e plantar verduras que lhe sejam úteis. O mato, porém, nem é necessário ser plantado. Se não se tomar cuidado, ele cresce no meio das hortaliças que você plantou e acaba por sufocá-las. O mesmo acontece com nossa natureza humana. Livre, ela é como o mato. Por essa razão, precisamos crucificar nossa carne com suas paixões e seus desejos. Há muitos cristãos que pensam que isso é exagero, é trucidar-se.Repare no versículo 24 de Gálatas: “Os que pertencem o Cristo crucificaram a carne com suas paixões e desejos”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário