sexta-feira, 15 de outubro de 2021

GRAÇAS DA MEDALHA MILAGROSA

SUÍÇA - GRAÇAS EXTRAORDINÁRIAS OBTIDAS PELA MEDALHA MILAGROSA DA RUE DU BAC

Da revista: "O Mensageiro da Imaculada", maio de 2008:

Uma mulher doente durante muito tempo e abandonada pelos médicos, recebeu uma noite a Medalha Milagrosa.  Ela se sentiu melhor ao anoitecer.  Sentindo-se assim
 perfeitamente curada, ela disse ao marido no dia seguinte que ela iria se levantar para lhe preparar o almoço.  Ele lhe disse que estava louca;  mas qual foi a sua surpresa, quando ele a viu de pé e notou que desde então ela tem gozado de perfeita saúde!

Na mesma aldeia havia uma jovem mãe de dois filhos, de seis e oito anos.
 O mais velho foi atacado por uma doença violenta que foi declarada sob o nome de Convulsão.  Ele morreu em poucos dias.  O mais novo sofria da mesma doença e parecia ter que morrer também. Esta pobre mãe estava na maior desolação, quando uma pessoa lhe ofereceu a Medalha Milagrosa, que ela recebeu com grande alegria. Durante a noite ela aplicou no pequeno moribundo que adormeceu rapidamente, sem acordar durante a noite toda e no dia seguinte a criança se viu perfeitamente curada.  Esta boa senhora então veio buscar medalhas para ela e algumas outras pessoas.  
Diz o Pe. Stephane Gredon: "Oh !  Eu gostaria que vocês a tivessem visto falar comigo, com toda a sua simplicidade, a felicidade da sua alma, como chorava de alegria!  Eu nunca vou esquecer!"

---

Uma criança de quatro a cinco anos foi presa por vários meses de uma febre que resistia a todos os remédios.  Um dia, sua avó o segurou em seus braços. E esta mulher cheia de fé, colocou a Medalha Milagrosa em sua fronte. A criança melhorou imediatamente.  A febre não reapareceu.  Desde então, ele ficou completamente curado.

----

Um jovem, em seu leito de morte, deixou a muitos em profunda tristeza, temendo pela salvação de sua alma.  Depois de várias e vãs tentativas caridosoas, Pe. Gredon pároco da cidade fez com que ele aceitasse uma Medalha Milagrosa e imediatamente este homem quis se confessar!
 Ele morreu com as disposições mais edificantes.  A Medalha o arrebatou do inferno!

-----

Três pecadores persistiam em não comparecer a alguns exercícios espirituais de uma missão que iria se realizar numa paróquia e até tentaram impedir outros paroquianos de participarem.
No entanto, um dos missionários conseguiu fazer com que aceitassem a Medalha Milagrosa.
Assim que a receberam, eles se encontraram completamente mudados.  Diz o pároco: "Nós os vimos não somente seguindo perfeitamente os exercícios de piedade, mas ainda se tornaram os mais zelosos apóstolos daquela missão.

Viva a Medalha Milagrosa da Imaculada Conceição!

Nenhum comentário:

Postar um comentário